segunda-feira, 29 de junho de 2009

Artigo 19



Olá a todos os companheiros antifascistas, no meu primeiro post já trago um pouco da cena punk portuguesa com a banda Artigo 19, da cidade de Porto. Aqui segue uma pequena entrevista e os discos da banda para que todos possam conhecer melhor.


Entrevista com Mauro da Banda Artigo 19

Olá Mauro, a Banda foi criada em 2007, certo? Pode nos dizer um pouco de como surgiu e como era a banda a princípio?

O surgimento da banda foi espontaneo, eu e o Pedro começamos a fazer musicas em casa com duas acusticas, basicamente foi uma maneira de “deitar cá pra fora” toda a revolta que sentiamos sobre varios aspectos da sociedade.Fizemos um myspace mas nunca pensamos que passa-se disso,ate que começamos a ter uma boa ´´resposta´´ de muita gente e decidimos ir pa frente com o projecto.


E atualmente quem são os integrantes da banda?

Actualmente somos 4, eu e o Pedro somos os guitarristas e vocais, depois temos o Afonso na bateria e o Dred no baixo.


Já lançaram três discos, houve muita mudança entre eles e vocês têm um novo projeto?

Sim houve. O 1º cd foi gravado em casa eram 17 musicas, foi tudo muito DIY. O 2 já fomos para estudio porque queriamos fazer um cd com mais qualidade e a mensagem foi mais agressiva doque no 1º. O 3º cd foi a mudança total porque foi quando deixamos o acustico e passamos á distorçao. De momento já tamos a trabalhar no 4º cd que em principio estara pronto nos finais de julho.


Vocês ficaram muito conhecidos justamente por fazer musica de protesto apenas nas guitarras acústicas, agora que estão tocando com distorção pensam em fazer concertos acústicos novamente ou apenas seguir com um som mais agressivo em guitarras elétricas?

Sim claro, a parte acustica nunca sera deixada totalmente para trás, se nos pedirem para dar um concerto em acustico não recusaremos se for por uma ocasiao especial, ate porque esses concertos em acústicos são sempre “mais íntimos” em relação a banda/publico.


Quais são suas influencias e bandas que admira?

As influencias são muitas porque alem de termos como é obvio a vertente punk como base da banda tambem ouvimos outros tipos de musica. Eu sempre ouvi muito Punk e Oi!, o pedro alem do Punk houve muito Metal, o Dred sempre foi mais virado para o HxC e o Afonso tambem,por isso é uma mistura entre todo isso. Sobre bandas admiramos todas aquelas que façam musica de intervençao sejam elas punk,ska,rock,rap,etc, desde que a mensagem seja de valorizar.


A banda já fez concertos fora de Portugal? E existe algum lugar que vocês querem tocar em especial?

Sim já, alem de Portugal também já tocamos em Espanha e fomos muito bem recebidos e queremos la voltar brevemente. Por nós, tocamos seja onde for, em que país for desde que haja possibildade pra isso, mas decididamente no Brasil seria uma grande honra tocar porque alem de reconhecermos grandes bandas de punk que por la existem, o facto de partilharmos a mesma lingua é um factor fundamental tambem.


O Artigo 19 apóia e luta por alguns ideais, pode-nos dizer um pouco sobre isso?

Essa é das tais perguntas que já muitos problemas nos causaram porque aqui em Portugal quem diz a verdade tem que o dizer baixinho porque senao corre o risco de ser difamado, e depois ainda nos vem falar de liberdade de expressao lol. Por isso agora quando nos perguntam o que defendemos e pelo que lutamos é simples: somos contra tudo o que oprimie o povo, somos contra o racismo, defendemos a liberdade e a igualdade, e especialmente defendemos que sem a fraternidade entre as pessoas não vamos a nenhum lado e todo o mundo ira continuar a destruir-se á custa de egoismo, obsessao pelo poder, pelo dinheiro. Basicamente e terminando somos “pessoas do bem”… é pena não sermos todos assim!


E para Finalizar, que mensagem você deixa a toda juventude antifascista?

A mensagem que queremos passar é simples: quando se fala em ser antifascista e a lutar por esse ideal deixem de parte as brigas que se criam pelo facto de por exemplo eu ser no norte e tu do sul. Não importa se és punk, rapper, se és do ska ou do Hxc, se és rasta, se és metaleiro, se és musico ou professor, apenas se unam pela principal razao: o antifascismo.


Obrigado por esta rápida entrevista, e que a banda continue sempre a lutar!

Obrigado nós e continuem com a mesma força e vontade de mostrar ao mundo e principalmente ao Brasil (porque antes de pensarmos globalmente devemos pensar localmente) que a nossa luta esta longe de ter acabado. Abraço a todo o pessoal especialmente ao Dracon que nos deu a oportunidade da entrevista e da amizade que se tem vindo a fazer.


Dracon


Download dos discos:

Artigo 19-demo


Artigo 19- Força de Intervenção

http://rapidshare.com/files/250143360/artigo_19_for_a_de_interven__o.rar.html


Artigo 19-Anarco Distorção


http://rapidshare.com/files/250127552/Artigo_19-_Anarco_Distor__o.rar.html





3 comentários:

(A)zeiTs (↙↙↙) disse...

Demorou fazer um sonzinho aqui então!

XDDDDDDDDD

Viciei

Dracon disse...

Que venham logo! hehe
Nos viciou no som agora vai ter que tocar aqui! haha

Dracon disse...

Link do Primeiro disco:

http://www.4shared.com/file/88347855/5c3d6a02/Artigo_19_-_Artigo_19__demo_2008_.html