sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Intolerância necessária


Para melhorar a nossa cena, preciso colocar ênfase no quesito INTOLERÂNCIA. Sim! Intolerância contra os que fingem representar-nos, porém, não passam de pessoas que não dão a mínima para como anda a nossa cena no Brasil. Você vê pessoas baterem no peito falando que são antifascistas, mas na hora de comprovar isso, tudo vai por água abaixo. Antifascismo vai muito além de um status na subcultura, vai muito além de modismo. É questão de preservar aquilo que nos pertence, é questão de tirar essas escórias que empreguinam o nosso rolê e deturpam tudo. Só no Brasil nós vemos algo tão desorganizado, só no Brasil nós vemos essa ZONA, esse bater no peito que é antifascista, mas aceitar ter como amigos os seres mais repugnantes.
A intolerância nem sempre é um defeito, a intolerância é AÇÃO. Se nós fossemos intolerantes com tudo aquilo que acontece ao nosso redor, a todas as injustiças, se nós fossemos pessoas que não se acomodassem pensando "ah, deixa pra lá..." em qualquer situação que influa diretamente em nossas vidas, ou influa diretamente na vida dos outros, estamos sendo tolerantes não no aspecto bom, mas no aspecto burro.
Seja intolerante SIM, intolerância com NAZISTAS/CARECAS/SIMPATIZANTES e intolerância pra todas as injustiças que vivenciamos em nosso dia-a-dia, seja na rua, seja na política, seja na educação, seja em qualquer lugar. Não vou dar uma de pacifista por aqui, principalmente em relação as escórias fascistas que acham que podem tomar conta daquilo que é nosso. Não basta, é claro, a intolerância violenta, é preciso da AÇÃO DIRETA, é preciso combater e debater com aqueles que fingem não enxergar o que se passa a sua volta, fingem não ver os bostas que andam lado a lado, e inventam mil desculpas para aceitá-los junto. É não tolerarmos pessoas desse nível em nossas subculturas e fazer de tudo para combatê-las.
Os simpatizantes das escórias fascistas, são os principais influentes para que eles ainda existam. Pois o simpatizante, além de ficar em cima do muro e ter amizade com todos para ter uma certa proteção, dá corda e incentiva diretamente o cara a continuar dando o rolê de merda que dá. Os simpatizantes se igualam com esses tipos, por aceitarem falar com nazistas, homofóbicos, xenófobos e achar aquilo completamente natural. É se calar perante ao preconceito existente deles, por querer preservar sua falsidade dentro da subcultura. Os simpatizantes devem ser combatidos juntos com todas as escórias que nos rodeiam. Não me refiro somente a violência, me refiro em EVITAR. Me refiro em ignorar esses merdas, e se querem ser simpatizantes, que virem fachos de uma vez.
Conteúdo violento? Apologia a violência? Não é isso. Existem várias formas de violência, existem várias formas de provocações. Pensem nisso.


Tatá

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Retirado do Blog da SHARP, a irmandade e união contra toda a merda fascista!!!

Link: http://www.zshare.net/download/505979214fa5f556/

Bandas:

Brigada Oi - Brigada Antinazi
Freiboiter - Antifascist Oi!
Komintern 43 - Antifascista Siempe.
Loikaemie - Good Night White Pride.
Vozintierra - Ejercito Antinazi.
Los Fastidios - Antifa hooligans.
Pidzama Porno - Antifa.
Poblers Uniterd - Antifascist Skin.
Stage Bottles - Sometimes Antisocial, But Always Antifascist.
Oppressed - Fuck Fascism.
Oi Polloi - Nazi Scum.

SEJA LIVRE, SEJA ANTIFA!

Garotos podres falam sobre skinheads


GAROTOS PODRES DIZ QUE A MAIOR PARTE DE SEU PÚBLICO É DE SKINHEADS ANTIFASCISTAS

Portal: Como está a banda atualmente, em termos de shows, novas músicas, novos projetos, CDs, formação, etc.?

Mao: Atualmente continuamos fazendo shows, ainda estamos divulgando o nosso mais recente cd ao vivo Garotos Podres "Live in Rio", lançado no final de 2001 (por nossa conta), estamos preparando o nosso novo cd que provavelmente esperamos lançá-lo ate o final do ano, acabamos de participar de uma coletânea "Class Pride World Wide Vol.2" pelo selo canadense Insurgence Records, que reúne bandas de varios países, entre elas Angelic Upstarts e Red Alert, que são duas clássicas bandas inglesas, Razzaparte da Itália, entre outras. Ainda este ano a Rotten Records estará lançando o "Tributo aos Garotos Podres", em comemoração aos 20 anos dos Garotos, com a participação de varias bandas. A formaçao atual é Mao-vocal, Mauro-guitarra, Sukata-bateria, "Capitão Caverna" Nunes-bateria.

Portal: Desde o começo dos anos 80, quando a banda foi formada e estourou com as vendagens do primeiro disco, sempre existiu um interesse por parte de gravadoras maiores e de produtores em tentar popularizar a banda. Isso realmente ocorreu? Existiram pressões sobre as letras, estilo e atitudes da banda? Como foi essa experiência com as gravadoras?

Mao: Não existiu esse interesse em popularizar a banda, muito pelo contrário, as gravadoras nunca investiram na banda, nem deram a devida atenção e a maioria delas nos devem até hoje direitos autorais e direitos artísticos. Praticamente "tomamos chapéu" em todas as gravadores que passamos. O caso mais recente foi com a gravadora Paradoxx.

Portal: Quais foram as principais influências da banda no começo e o que os integrantes da banda estão curtindo atualmente?

Mao: As nossas influências foram as bandas punks do final dos anos 70, início dos anos 80. Cada integrante da banda tem suas preferências musicais, praticamente ouvimos de tudo um pouco: ska, punk rock, oi!, hardcore , etc.

Portal: É sabido que a banda tem um grande público forte e fiel, que são Skinheads, que se identificam com o som da banda e sempre estão nos shows. Como é o relacionamento da banda com estes fãs e com os seus ideais? Este público ajuda ou atrapalha a carreira da banda?


Mao: Na verdade a maior parte de nosso público, tanto no Brasil quanto em Portugal, não é constituído de Skins ou Punks. A maior parte de nosso público é formado de pessoas que apenas gostam de nosso som e se identificam com nossas letras e que não necessariamente fazem parte de qualquer "movimento". Desde o início da banda, sempre nos identificamos com o Punk Rock do final dos anos 70, com a Oi! Music do início dos anos 80 e com o Ska "Two Tone" do mesmo período. O fato de sermos considerados uma banda Oi!, acabou por atrair, principalmente no início de nossa carreira, um público de Skins que aqui no Brasil nos trouxe bastante problemas em nossos shows (brigas, etc.). Felizmente há muito tempo não temos qualquer tipo de problemas em nossos shows. Na Alemanha por outro lado, nunca tivemos qualquer tipo de problema e, a maior parte de nosso público é formado por Skinheads antifascistas, que integram movimentos como o SHARP (Skinheads Against the Racial Prejudice - Skinheads Contra o Preconceito Racial), o RASH (Red and Anarchist Skinheads, ou seja, os Skins anarquistas e comunistas) e principalmente os Skins e Punks do Movimento Oi! (o Movimento Oi! é na verdade um movimento que prega a união e, até mesmo a fusão, entre Skins e Punks; muito embora a maioria dos Skins e Punks brasileiros não saibam disso!).


Portal: Sabemos que existe uma confusão e um mal entendido no Brasil, que acaba misturando na mesma categoria pessoas que curtem som Oi! ou o chamado Street Punk, aqueles que mantém um visual estilo Skinhead e cultivam ideais de esquerda ou anarquista, com outras facções como os Skinheads do estilo white power (força branca), que pregam o racismo e o fascismo, são adeptos de Hitler e outros ditadores de direita. Como vcs vêem este tipo de confusão formada? vcs acham que é um problema cultural, já que em países da Europa por exemplo as coisas são bem separadas?

Mao: Achamos que a maior parte dos brasileiros são extremamente desinformados a este respeito!...e infelizmente a maioria dos próprios Skins e Punks daqui no Brasil, também!!...Para começar os "white power" sequer se intitulam Skinheads (eles chamam a si mesmos de "bonneheads?), são absolutamente minoritários na Europa, e no Brasil inteiro devem existir uns 5 ou 6!!! ... Portanto o estereótipo do "Skinhead neonazista", que a mídia "alardeia" como se existissem aos "milhares" e, que se constituiriam numa "grave ameaça" para a "civilização" é, na verdade, "pura ficção"!!!!Acho que as pessoas deveriam se informar um pouco melhor, antes de sair por aí reproduzindo asneiras! ... e se a imprensa burguesa quer perseguir os "fascistas", que persigam os "fascistas de verdade"!! ... porque não perseguem os "Malufs" ou os "Romeus Tumas" que infestam a vida política brasileira??? ... Quem viveu o período da ditadura militar no Brasil, sabe muito bem do que nós estamos falando!!!

Portal: Como foi a experiência da banda em tocar na Europa? Valeu a pena? Como foi a recepção?

Mao: Para nós, tocar na Europa foi a melhor experiência que tivemos em 20 anos de carreira! Se levarmos em conta a população de Portugal, proporcionalmente somos mais conhecidos lá que no Brasil! Tocamos quase todos os dias (em Portugal e Alemanha), rodamos quase 5.000 Km de van, bebemos tudo que era "líquido". Fizemos 3 shows grandes (Lisboa, Berlim e Dresden), e quase uma dezena de shows em locais menores (chegamos a fazer shows em plena 2º feira ... e por incrível por pareça, lotados!). Em Portugal a nosso público se parecia muito com o do Brasil (a maior parte era constituída de pessoas "comuns", havendo poucos Punks ou Skins). Já na Alemanha, ao contrário, o público de nossos shows era quase que exclusivamente constituído por Punks e Skins. Em todos os shows que fizemos na Europa, para nossa surpresa, não vimos uma única briga!; e os caras mais maloqueiros que vimos por lá éramos nós mesmos!

Portal: Vcs tem contato com outras bandas que compartilham do mesmo ideal e estilo em outros países? Quais bandas mais legais que vcs conheceram lá fora?

Mao: Não temos contato com bandas do exterior. Temos apenas alguns contatos com alguns selos da Europa e América do Norte. Quando fomos à Europa, tivemos oportunidade de tocar com o Mata-Ratos (Portugal), Oxymoron (Alemanha) e Braindance (Inglaterra). Como a agenda era corrida, não tivemos tempo de conhecer outras bandas.

Portal: Parece que existe um certo receio por parte de algumas casa noturnas em agendar shows para os Garotos Podres em São Paulo. Por exemplo, no Hangar 110, que é um dos redutos dos maiores e melhores shows de bandas Punks e underground atualmente, não se vê show dos Garotos. Isso é verdade? Porque?

Mao: Muitos anos atrás, tivemos alguns problemas em alguns shows (brigas entre o público). Na verdade não foram problemas tão graves assim, mas como diz aquele ditado popular, "quem conta um conto aumenta um ponto". Se ocorria alguma briga em algum show, no dia seguinte circulava a versão de que havia ocorrido uma "pancadaria generalizada"; se alguém tropeçasse e se machucasse, no dia seguinte circulava o boato que "o cara foi pra UTI", e assim por diante. Curiosamente quando aconteceram verdadeiras tragédias em grandes shows de pagode ou da Xuxa (onde já ocorreram várias mortes), ninguém comentou nada! Realmente, uns 15 anos atrás, tivemos alguns problemas relativamente sérios, relacionados com brigas de gangues em nossos shows, como no Sesc Pompéia em 1986. Cabe ressaltar, que mesmo nesta época, o que ocorreu não foi tão grave (felizmente ninguém morreu ou ficou gravemente ferido), mas começou-se a criar uma verdadeira "lenda" em torno dos Garotos Podres. A partir de então, circulavam boatos que onde quer que nós tocássemos, éramos acompanhados de uma multidão de "carecas", que batiam em todo mundo!.. esses boatos cresceram tanto, que em muitos casos, produtores de shows tinham medo inclusive de "nós", pois temiam que nós, os músicos, viéssemos bater no público!!.. Apesar de não termos tido mais nenhum problema nos últimos 15 anos (felizmente!), o "preconceito" em relação à banda continua, e obviamente isto dificulta o agendamento de nossos shows, principalmente na Grande São Paulo.

Portal: Como é o relacionamento da banda com a mídia brasileira? Existe alguma mágoa ou problema que a banda tenha sofrido ao longo da carreira com órgãos com MTV, Rádios Rock ou revistas especializadas em Rock?


Mao: Curiosamente nunca tivemos nenhum problema mais grave com a mídia, principalmente com a mídia "escrita", a qual em geral sempre tivemos um bom relacionamento. Em relação às rádios e a tv, sempre conseguimos algum espaço, embora limitado. Temos consciência de que a limitação deste espaço, não é decorrente de "boicote" ou "preconceito", mas porque cada vez mais as rádios e tvs dependem do tristemente famoso "jabá". E como nós, e a maioria das bandas undergrounds não estamos em nenhuma grande gravadora que pague este "jabá", o espaço que temos nas rádios e tvs é bastante limitado.

Portal: Vcs querem deixar alguma mensagem especial aos fãs da banda, que com certeza são milhares em todo o Brasil?

Mao: Um abraço a todos...


Fonte: CMI

GUM BLEED


GUM BLEED - STREET PUNK COMUNISTA/CHINA http://www.myspace.com/gumbleedband

COMUNIDADE DA BANDA NO ORKUT COM ENTREVISTA FEITA POR PLEBE http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=56073301





SOMOS SKINHEADS!


SOMOS SKINHEADS PARA A LUTA DE CLASSES!


SOMOS SKINHEADS PARA O ANTIFASCISMO


NOSSA BANDEIRA É AS TRÊS SETAS CIRCULADAS!


NÃO SOMOS CARECAS,SOMOS SKINS!


NÃO SOMOS NAZIS,SOMOS SKINS!
VIDA LONGA AOS VERDADEIROS SKINHEADS,CONTRA O FASCISMO,CONTRA O NAZISMO,CONTRA A HOMOFOBIA,O PRECONCEITO RACIAL!

FULL TIME SKINS


FULL TIME SKINS - SKINHEADS ANARCO-COMUNISTAS DA INDONÉSIA


Antifascistas,uni-vos!


Antifascistas,uni-vos!

Antifascistas,uni-vos!
Todas as crianças e seu ódio numa só bandeira
As três setas circulada é minha arma,é meu escudo!
Contra nazis,carecas e galinhas verdes!
Pega,pega o careca,o galinha verde
Pega ele de corrente!
Chuta,chuta o nazi
Bota pra correr essas desgraças!
Violência coletiva neles!
Esmaga o nazi-fascismo com suas própias mãos!
Salgado,Hitler,Mussolini
Vai morrer de novo!
Morte lenta,Morte lenta no fascismo
E que seja dolorosa enquanto dure
Bota,bota a corja facho pra fora
Fora,Fora de nossas cenas!
As três setas cairão rasgando o chão
Os fachos se ajoelharão
E será tarde mais,não há mais remédio!
Mata,mata,faz sua crew e destrói!
Pelas almas de nossos irmãos,vingaremos!
Larga,larga o pacifismo de lado!
Já chega de dar espaço pra esses caras!
A violência na cara deles é a nossa única arma!
Unidos,destruiremos o fascismo e sua pelegada
Tudo pode a antifa criançada
Destroy pela raiz
Quebra a perna,dá lhe soco no nariz
Nosso bairro é antifa!

Destrói o Nacionalismo!


Destrói o Nacionalismo!

Ama o seu povo
Somos irmãos de sangue e carne
Eu estou cansado de ser barrado,de pedirem meu passaporte
Do you have yellow card?
Do you have green card?
Não aguento mais essa xenofobia ridicula.
Maldito seja o nacionalismo
Destrói esse sentimento nojento,todos nós somos iguais!
Hoje eu sou vitima,amanhã pode ser você!
Obrigado nacionalismo!6 milhões de judeus mortos!
Obrigado nacionalismo!Gente fuzilada nas fronteiras!
Nacionalismo,quem é você?
São os tanques de guerra e os misseis pra te fuder!
São os palestinos mortos,os muçulmanos sendo discriminados!
Se você ama seu povo,então queima tua bandeira!
Viva os povos africanos
Viva os povos latino-americanos
Me deixa,eu quero ver!
Eu quero ser livre porque a terra é de todos!
Viva do francês ao chileno
Viva todo povo,feliz é quem mistura suas raças!
Todo sangue é vermelho!É e sempre será!
VIVA OS IMIGRANTES,ABAIXO AS FRONTEIRAS!
Viva a sua cara preta,viva a sua cara branca
Somos todos iguais sim
É o mesmo osso e fedor
Todos nós,eu e você,iremos morrer
levar terra na cara e no caixão até encher
Seu orgulho nacional não servirá de nada!
Povos de todo o mundo,sejam bem vindos aqui
Quero ver seus passaportes queimando junto com suas bandeiras!
Todas as fés,religiões se respeitando
Que a alienação se acabe quando todos forem livres pra acreditar no que quiser
Você e eu,livre,brincando como quiser,se divertindo como e quando quiser
E temos o direito de fuzilar todo aquele que tentar restringir nossa liberdade
A minha cultura e comida se mistura com a sua
Eu desejo aprender seu idioma,eu desejo que o mundo fale uma lingua:RESPEITO!
Derruba sua fronteira,e verá que o mundo é igual!

INFORMATIVO DA RASH SUDAMÉRICA


INFORMATIVO DA RASH SUDAMERICA (///)

ZINE TRES FLECHAS


ZINE RASH DO MÉXICO,EXCELENTE!

KOME MIERDA


BANDA ANARCOPUNK DA ARGENTINA,TODOS OS DISCOS E CAPS PARA BAIXAR EM MOÇADA!
KOME MIERDA É ANTI-SECTARISTA E 100% ANTIFASCISTA

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

RUBRO NEGRO DISTRO


Olá camaradas, essa é a distro oficial da FAP, onde você pode comprar ou trocar materias numa boa, nada de preços altos aqui, com infinidades de zines, CDs, camisas e patchs.
Fique a vontade! E escolha o seu!
O preço é o seguinte,cada camisa custa 18 reais + correios
Patchs só vendemos a quantidade, tipo são 15 patchs a 18 reais + correio.
Aguarde novos materiais!


PATCH DE BANDAS



PATCH DE PROTESTOS

mais informações: WWW.FAPANTIFA.COM - FEDERAÇÃO ANARCOPUNK/SALVADOR-BAHIA

Los Fastidios-Ultimo Disco


LOS FASTIDIOS,ULTIMO DISCO!

REDSKINS


Sector Oi!


Sector Oi! - Oi! Contra El Fascismo

NACIDOS DEL ODIO


NACIDOS DEL ODIO - SKINHEADS OI! ANARQUISTAS DO MÉXICO


ESCUTA O SOM REVOLUCIONÁRIO,NUNCA,NUNCA MAIS SERÁS IGUAL!


JEUNESSE APATRIDE


Skinheads Anarquistas da RASH de Montreal no Canadá!Escuta.escuta o AnarchOi!,nunca,nunca mais serás igual!



Jeunesse Apatride - Demo [1999]

Jeunesse Apatride - pas de compte a rendre a personne
Jeunesse Apatride - black block 'n roll (2004)

Jeunesse Apatride - la victoire sommeille (2005)
Jeunesse Apatride - Larmes Aux Poings (2008)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Pilsner Oiquell - Pilsen Boys

Banda Tcheca, com Punks e Skins como integrantes!
vale a pena ver o vídeo!
Versão mais "Classe A" da música Pilsen Boys, que gravada no cd não possui a Gaita de Fole, como está presente no vídeo.

video

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Subculturas: O estorvo na sociedade, ou o amparo?


Diante de tantas situações infelizes na sociedade em que vivemos, surgem aqueles que são considerados as escórias.
Jovens que fogem do padrão do senso-comum e buscam a diversidade de uma sociedade tão supérflua.
Por que isso? Seria algo saudável? Ou são apenas jovens sem futuro e sem perspectiva de vida?
Ao meu ver, as subculturas têm um papel importantíssimo. Além de fugir dos padrões impostos, nos mostram uma outra visão de mundo, uma visão onde você é livre para ser o que quer e agir da maneira que lhe achar conveniente. Alguns, apenas querem curtir seu rolê, tomar sua breja. Outros, abusam das drogas, usam a violência exacerbada, aquela típica violência que precisa ser canalizada para algum ato social ou um ato que seja construtivo e que traga alguma melhoria e nos livre do sistema medíocre em que vivemos. Sim, talvez você se auto-intitule apolítico, talvez você diga que ser punk ou qualquer outra coisa seja só um modo de vida e que você apenas gosta dele. Ou então, talvez o seu intuito de ter entrado pra alguma subcultura, seja o de expor suas ideologias e compartilhá-las com outros jovens que buscam uma perspectiva de sociedade melhor (no fundo, todos querem, porém, só alguns ousam buscar um viéz para ser diferente e agir diante tudo o que há de errado). Mas por mais que você se diga só "interessado", o primeiro passo já tende a ser ousado e já dribla uma sociedade hipócrita que nos quer apenas como fantoches. Ser o que somos, já é fugir de todos os padrões impostos e isso já é uma grande resistência em relação a um mundo que te induz a ser apenas roupas, status, corpo e que não fazem questão se você pensa ou deixa de pensar. Não nego que hoje em dia, há status dentro das próprias subculturas, muitas vezes pessoas de cabeça vazia que só se preocupam em ter o visu melhor que o outro e aí voltamos a fazer parte do senso-comum, que tanto nos traz asco.
Pelas subculturas, podemos fazer muito mais do que apenas transformar em modo de vida. Modo de vida isso já é para todos nós, mas fazer algo de construtivo e envolvente em nossa cena, é mais interessante ainda. Ousar em incentivar jovens a buscar conhecimento, leitura, fazer atividades culturais, aprender a fazer zines e usar e abusar do "Faça Você Mesmo", já é uma atitude e tanta para escapar daquilo que nos consome no nosso dia-a-dia. Quando passamos a ver o diferente, o comum se torna banal. E ser comum na sociedade de hoje, é ser individualista, esquecer-se dos outros e do que VOCÊ pode fazer pelos outros, preocupando-se apenas com seu supérfluo e se orgulhando por completo disso. É optar por alienação, ignorância,pois a ignorância não nos traz tanta responsabilidade e peso na consciência que o conhecimento traz. Já somos diferentes em partes, na roupa, no se assumir algo em que a sociedade acha bizarro. Mas, seremos iguais ao senso-comum se não optarmos nos destacar deles em outros sentidos. Não vamos mudar o mundo, mas podemos melhorá-lo. Não vamos mudar o mundo, mas fazer o nosso corre no dia-a-dia, já é uma grande mudança, pois não existe mais esse tipo de coisa. E as subculturas, por sua vez, trazem na maioria das situações, jovens que estão se sentindo perturbados,incomodados com certos problemas a sua volta.
Não consigo ver pelo menos, alguém que se torne punk apenas por achar "bonito". Pois de certa forma, o punk é muito visto como "pessoas que estão cansadas dos problemas sociais". Talvez na cultura skinhead ainda haja isso, pessoas que apenas querem curtir "a moda". Mas há aqueles que têm a paixão pela cultura, que realmente sentem aquilo latejar no peito, independentemente de serem novos ou não. Se não quer envolver seu ponto de vista ideológico, não precisa, não há obrigação alguma, porém, ao se dizer trad, você já assume uma posição contra pessoas racistas, certo?
Então de certo modo, sempre haverá algo, um QUÊ a mais, que nos faça querer buscar algo diversificado do que nós vivenciamos no dia-a-dia.
O que falta é a verdadeira união e a verdadeira força de vontade. O que falta, é aceitarmos de braços abertos àqueles que são novos no rolê e mostrar o que é realmente nossas subculturas, mostrar uma realidade que ficou às traças, graças aos carecas e alguns "anarcopunks sectários", que deturpam street punks e skinheads.
Respeitar a opção de cada um em envolver seu ponto de vista ideológico ou não, mas mostrá-lo que ser em cima do muro não é o que buscamos. Que somos todos ANTIFASCISTAS e que batemos muito nessa tecla e é a única exigência a ser seguida! Não digo que é necessário sair por aí protestando e coisa e tal. O que eu me refiro quando digo ANTIFASCISTA, é não tolerar ter amizade com pessoas que têm todas as características das escórias que sempre queimaram nosso rolê. É não ser em cima do muro, e ser intolerante com os fachos.

Esse é um grande passo para melhorar nossas subculturas, que nos amparam e nos dão amigos nos quais compartilhamos os mesmos gostos e paixões. Não podemos desistir, não podemos deixá-las irem por água abaixo, por causa de uns e outros. Se nós corremos pelo certo, nós que temos que tomar a frente e não entregar aquilo que somos para pessoas que não sentem na veia o espírito punk ou o espírito skinhead.
E a nossa luta é essa. A de te indagar, de te fazer pensar: "Eu tenho capacidade de mudar isso, todos nós temos!". E não quero que isso soe de maneira romântica, mas sim com ativismo, pois, cada um fazendo sua parte, é uma grande mudança.

Para eles, o estorvo. Pois pensamos, pois nos questionamos, pois somos àqueles que o sistema repudia ao nos ouvir falar, ao ouvir o estrondo de nossas canções nas músicas.
Para nós, a esperança. A esperança que todos os jovens sem futuro possam quem sabe um dia, serem unidos e consquistarem juntos aquilo que lhes é de direito. E o melhor: Combater o mal que nos oprime.

SAUDAÇÕES ANTIFASCISTAS!


Tatá

Komintern 43 - Grupos de Tormenta



Banda indispensável quando se fala da R.A.S.H. na Colombia
Faz um som de altísisma qualidade, e fala em suas letras sobre Antifascismo acima de tudo, homenagens, comunismo e anarquismo.
Vale a pena baixar
e conferir o som!

Grupos de Tormenta:

1- cancion militar (himno al libertador Simon Bolívar)
2- rash united
3- Stalingrado
4- Antifascista siempre
5- Espiritu redskin
6- la victoria final
7- Amanecer rojo
8- La internacional
9- Grupos de Tormenta
10- Leningrado (Mossin Nagant)
11- Komintern 43
12- Juventud comunista
13- 9 de abril

Download

domingo, 26 de outubro de 2008

Akto Reflejo


Akto Reflejo - Punk Oi! Comunista
Banda do Pais Vasco,famossissimo pelas suas bandas revolucionárias e de esquerda!
Atenção para Independentzia eta Sozialismoa, Gudari, al wen intro q tienen, Gaztetxeak Orain, etc...

DESKARGAR AK:http://www.badongo.com/file/10375896

PUNKS PELA LUTA DE CLASSES!


Luta de classes, proletário e o movimento punk
Este texto é mais um olhar critico ao movimento punk brasileiro, jamais generalizando, pois no Brasil uma parte dos punks tem uma consciência sobre a luta de classes. E essa consciência vem crescendo a cada dia, claro que no movimento redpunk esta luta já estava no sangue desde sua criação, mas ainda muito são os punks anarquistas e anarcopunks que não priorizam esta luta. Tenho plena e gozo de consciência, de que a luta longe do povo, é uma luta inválida, quem não luta para o bem do proletário e a destruição da burguesia, esta perdendo tempo levantando o moicano. A luta de classes nada mais é que a luta da classe baixa proletária e a burguesia e patronado, sabemos que esses parasitas sugam todo nosso suor do trabalho 5/6 vezes por dia, trabalhamos muito, e ganhamos muito pouco, tenham a consciência de que,quando se tem 18 anos ou se é muito jovem, eles se aproveitam disso e pagam menos ainda, não há oportunidades de emprego para quem termina os estudos e não há possibilidade de cursos técnicos para todos. Imagine que você trabalha numa montadora de carros, cada carro custa 50 mil reais, por exemplo, e desse carro vendido você só ganha 800 reais de salário, e 20 mil reais vai pro bolso do patrão e o resto os custos de empresa. Você acha justo que seu patrão ganhe muito mais que você, que esta lá suando enquanto ele fica sentado numa sala de ar condicionado? O trabalho é a coisa mais importante para o ser humano, sem o trabalho o mundo para, nada funciona, sem o trabalho não há produção de alimentos, e o mundo morre. Devia ser um objetivo e dever preciso do punk em geral, cuidar para que trabalhadores não morram de fome com suas famílias, cuidar para que não haja mais patrões, que tudo seja coletivo, que o que o trabalhador ganhe seja igual ao que ele trabalhou e o custo da venda do produto. E tudo seria dividido entre todos os trabalhadores que estavam com ele, não com uma pessoa só. Uma grande injustiça, o patrão com vários carros importados, e o empregado esperando horas um ônibus que sempre vem lotado e atrasa nos engarrafamentos, malmente com o dinheiro da condução. É injusto que o filho do patrão estude nas melhores escolas particulares, enquanto o filho do empregado tenta estudar em escolas públicas precárias, abandonadas pelo governo, porque filho de político não estuda em escola pública, é injusto que o trabalhador da construção, que faz prédios de luxo para a burguesia, more em barracos ou de aluguel, porque não há moradia digna para ele. É injusto trabalhar os 4/5 meses do ano para pagar imposto. Já passou da hora dos braços se armarem, das bocas se abrirem e da massa se juntar. O punk deve estar unido com o trabalhador por que ele tem uma força e poder enorme, sem o trabalhador, a burguesia tem uma parada cardíaca, se um dia o trabalhador não aceitar mais o salário de fome e as injustiças do patronado, o mesmo patronado começa a se destruir por dentro, é um efeito poderoso, mas para isso é preciso que todo trabalhador tome consciência desse poder que esta dentro dele, e caba a nós punks de classe, tirar a venda dos olhos deles.Todo poder a classe operária, toda batalha contra a sua exploração!
PUNKS FOR WORKING CLASS

Encontro anarquista em Fortaleza!




Encontro Anarquista no Nordeste-Fortaleza!
Abra a imagem em outra página pra ler o cartaz!
Agradecimento ao Amigo Shurato-Nômades!

Noise & OI!


Noise&OI,Oi! Politico de tendência RASH,excelente band da Espanha demostrando seu orgulho obreiro,de nossa classe.

1.- Kaos
2.- R.A.S.H
3.- Pobres
4.- Ritmos del Obrero
5.- Sucios Arios
6.- Malviviendo
7.- Obreros con Clase
8.- Ideas Claras9
9.- Encerrados ( El dolor de las sin razón)

K.(A).S - El Placer Armado



K.A.S-Anarco/StreetPunk/Hardcore de La Serena ,Chile.
Em seu segundo disco!

Bosta Rala








Lendária banda Bosta Rala,cujo 2 integrantes foram mortos pela policia,só 2 pessoas sabem o que aconteçeu,os 2 integrantes que ainda estão vivos.

01.Idiota
02.NoiseCoreNojo
03.Ferida exposta
04.Sujo, imundo
05.Bosta rala
06.BR alternativo
07.Dor
08.Desgraça humana
09.Sem vergonha!
10.O que passás
11.Quem quer?
12.Buzú

http://sharebee.com/171bf3a5
Senha:http://backin77.blogspot.com/

Abaixo o Cenas Anarcopunks,lendário demais!Com participação do Bosta Rala!
Cenas Anarcopunk Vol.

http://www.4shared.com/file/49676305/7316e35b/Cenas_anarcopunk_Vol_1.html
Com as bandas: Misantropia, Bosta Rala, Metropolixo, Discarga Violenta, Pós-Guerra, Execradores, Lixo Suburbano, Antropofobia, Vala Negra e Carcará Core.

SUDAMERICA OI! & KAS


Sudamerica OI! junto a los compas de Kas! DO NORTE DO cHILE, Bueno Sudamerica OI! ahora esta erradicado en santiago de chile con integrantes de K.A.S, Guardia Bermellon,Golpe a Golpe y os antigos Sudamerica OI!

K.A.S é uma banda punk/hardcore de tendência anarco.Sudamerica Oi! é uma banda de RASH e punk.

http://www.badongo.com/file/10970284

ASKATASUNA




Banda Oi! francesa Askatasuna, formada por redskins y redpunks franceses. Letras combativas.Atenção ao tema Carlos (em memoria de Carlos "pollo" Palominos, antifascista asesinado en Madrid), Nazi au Goulag , France Rouge, Violence Rouge (Cover de Bolchoi, banda RASH París), Nuestro Barrio, etc...

*Askatasuna - Nuestro Barrio



*Askatasuna - Barricades, Cocktails et Pavés

Classical Slum


Demo da Classical Slum, banda nova na cena antifascista Oi! francesa.Temas como Resistance, Jeunesse Rouge Et Noire, Camarades, Skinhead, etc...


ANSWER



ANSWER-HARDCORE ANTIFASCISTA

EINA


EINA

Banda comunista formada por ex-integrantes do INADAPTATS.


GAZAPOS


Chama a antenção como temas: Conoce a tu Enemigo, Oi! Explosió, Front D´Acció, Hooligans, Anmistia, etc... y Orgullo Proletario, cover da mitica banda comunista italiana Erode.

DIR YASSIN


DIR YASSIN- ANARCOPUNK/CRUST/ISRAEL
DISCOGRAFIA COMPLETA

GUARDIA NEGRA


GUARDIA NEGRA - RASH DE BOSTON,DE TENDÊNCIA ANARCO-COMUNISTA.VOCAL ARGENTINO, GUITARRISTA FRANÇÊS E OUTRO VENEZUELANO, UM CHILENO NA BATERIA E UM MEXICANO NO BAIXO.(Não me pergunte nada do que vc leu,haha!)

http://www.badongo.com/file/11095623

NIKMAT OLALIM


NIKMAT OLALIM - ANARCOPUNK/HC - JERUSALÉN-ISRAEL
Se o Plebe posta,não precisa de comentários...Ouça porque é raro e foda!Eles fizeram até o split com o Oi Polloi e pode crê que esta ai o split!



Los Fastidios

Particularmente, uma das minhas bandas Oi! favoritas. De Verona, Itália, Los Fastidios é uma banda que surgiu a 16 anos e vem consquistando um bom espaço no cenário Oi! europeu. Banda assumidamente antifascista, com membros S.H.A.R.P e R.A.S.H e defensores dos direitos dos animais, é uma banda que passa muita energia por meio de suas músicas, cantam em inglês e italiano e já arriscaram uma música em francês. É uma banda que também é meio rejeitada por fazer uma música em prol de homossexuais (Johnny And The Queer Boot Boys do álbum Siempre Contra), e isso é claro, por aqui não será levado como insulto de maneira alguma. Uma seção com os álbuns dessa excelente banda Street Punk Oi! italiana.

Sonny Ynnos

Los Fastidios - Contiamo Su Di Voi
http://sharebee.com/71be0fb5

Los Fastidios - Sopra E Sotto Il Palco Live 2004
http://sharebee.com/ae833a12

Los Fastidios - Siempre Contra
http://sharebee.com/8a983b37

Los Fastidios - Rebels 'N' Revels
http://sharebee.com/af9c1681

Los Fastidios - Ora Basta
http://sharebee.com/cc12b888

Los Fastidios - Ten Years Tattoed On My Heart
http://sharebee.com/f086c1d0

Split - Los Fastidios & FFD - Hasta La Baldoria
http://rapidshare.com/files/78615712/FFD___Los_Fastidios_-_1996_-_Hasta_La_Baldoria.rar

Los Fastidios - Guardo Avanti
http://sharebee.com/43184a52

LA VERU BERLUE


LA VERU BERLUE-FRANÇA
ANARCO-ELETROCRUST



Te contar uma coisa meu velho,tenho orgulho das bandas anarcopunks francesas,lá os cara sabe sim fazer um som anarcopunk com conteúdo!A maioria das bandas anarcos no Brasil é que não sabe fazer nada,não sabe nem o que ta cantando,não tem conteúdo nas letras,o som é uma merda manjada.

Mas não se apoquentem,segurem ai a violência de vocês que o bicho vai pegar na sua casa!


http://mapage.noos.fr/hmatabos/pages/son.html



http://laveruberlue.free.fr/pages/lavalse.html

ROSA PARK


ROSA PARK - ANARCO-ELETROPUNK FEMINISTA-FRANÇA
Adoro essa banda,eu aconselho ouvir nas melhores pistas!
http://www.freewebtown.com/rosapark/demo01.html

PEKATRALATAK


PEKATRALATAK/ANARCOPUNK-OI!-HARDCORE ULTRA EXTREMISTA ANTIFASCISTA-FRANÇA.(albuns para download no site deles.) http://actiondelarevo.free.fr/ACTIONNAIRES/PEKATRALATAK/PAGE%20ACCEUIL/glob%20edito.htm

Ομίχλη/OMIXLH - AnarchOi! grego antifa


Ομίχλη/OMIXLH - AnarchOi! grego antifa.Omixlh é uma banda anarchOi! punk grega, influênciada pelo street punk, com membros anarcopunks e streetpunks, suas temáticas são sempre o antifascismo, ruas, e principalmente a união entre punks e skinheads, que segundo os mesmos ambos os movimentos são ilimitados de glória e honra(PUNKS KAI SKINS - ΟΛΟΙ ΜΑΖΙ/GLORY FOR THE KIDS GLORY FOR THE SKINS MOST GLORY FOR US GLORY FOR THE PUNKS), que a união entre ambos é a unica forma da caida do estado e a igualdade perante a humanidade. Juntos, fortes. A banda foi organizada em 1995 em Thessalonikh.Esta banda já tocou com muitas bandas do cenário, até com o BootStroke, inumeras gigs antifa.Sua bandeira é o antifascismo e a união entre todos.

"FOR THOSE WHO FELL FOR THOSE WHO FIGHT TO OUR FUTURE TO BE PRIDEWE WILL REMEMBER WE WON'T FORGET THOSE FOR US ARE NOW DEAD"


LINK PARA DOWNLOAD -

mais informações na comunidade da banda no orkut,com entrevistas feitas por Plebe a Lefteris.


Oi Polloi-Discografia completa
São 27 anos de Total AnarchOi!Oi Polloi é uma banda anarcopunk/Oi! da Escócia,Endeburgo.A primeira banda anarcopunk a imbutir o Oi! e cantar este genero anarquista,a clamar por união,anrquia,veganismo e ação direta na musica skinhead e punk.Plebe,como fã maior da banda,irá disponibilizar todos os discos para download,não fiquem emocionados senão eu tiro!
Links:
Oi Polloi + All Out Attack - 1995 - Split

Oi Polloi + Blownapart Bastards - Split (Ep)

Oi Polloi + Nikmat Olalim - 2006 - Split (12'' Vinyl)
Oi Polloi + Toxik Ephex - 1987 - Split (Lp)
Oi Polloi - 1986 - Resist The Atomic Menace (7'')
Oi Polloi - 1986 - Skins 'N' Punks Vol 2 (Split With The Betrayed)
Oi Polloi - 1986 - Unlimited Genocide (Split With Aoa)

Oi Polloi - 1987 - Unite And Win (Lp)

Oi Polloi - 1988 - Outrage (7'')

Oi Polloi - 1990 - In Defence Of Our Earth

Oi Polloi - 1990 - Outraged By The Atomic Menace

Oi Polloi - 1991 - Omnicide (7'')

Oi Polloi - 1993 - Guilty (7'' Ep)

Oi Polloi - 1994 - Resist The Atomic Menace (7'' Ep)

Oi Polloi - 1996 - Punx'n'skins (7'')

Oi Polloi - 1996 - Total Anarchoi

Oi Polloi - 1999 - Fuaim Catha

Oi Polloi - 1999 - Let The Boots Do The Talking

Oi Polloi - 2001 - Six Of The Bestzip

Oi Polloi - 2002 - Outraged By The System

Oi Polloi - 2003 - Alive And Kicking

Oi Polloi - 2006 - Pigs For Slaughter

Oi Polloi - 2006 - Total Resistance To The Fucking System (Vinyl)

Oi Polloi - 2007 - Ar Ceol Ar Canan Ar-A-Mach

Oi Polloi - 2007 - Mind The Bollocks (Ep)

Oi Polloi - 2007 - Total Resistance To The Fucking System

Oi Polloi - Demos

Oi Polloi - Destroi! The System

Oi Polloi - Fight Back (Lp)
Oi Polloi - The Oi! Years

Oi Polloi - To Resist Is Our Duty When Injustice Is Law

Oi Polloi - Carson
Oi Polloi - 1984 - Last of the Mohicans (Demo)

Oi Polloi - 2000 - Live Hultsfred

EL ODIO OI! -Violenta al Estado


Banda mexicana formada em 2002. São anarquistas e suas letras falam basicamente sobre futebol, união, orgulho proletário, anti-fascismo, e claro, anarquismo. Fazem um Oi! mais rápido e agressivo, que agrada à punks e skins.
Álbum "Violenta al Estado"


link pra baixar:
http://rapidshare.com/files/9100687/el_odio_oi__-_violenta_al_estado.zip.html

Todos pelas 3 Setas!



Vim falar de um símbolo que esta em toda parte, e para nossa felicidade esta se espalhando pelo Brasil. O símbolo das 3 setas no circulo. O símbolo máximo do antifascismo.Este símbolo no underground, teve seu primeiro surgimento na RASH, e teve vários significados em cada parte do globo (uma para cada seta), pode ser ler Anti-fascismo, Anti-Capitalismo e Anti-Racismo. Pode se ler Marx, Engels e Trotski. Pode ser ler Proudhon, Bakunin e Kropotkin. Pode se ler o Trabalhador, o Campesinato e o Intelectual (os pilares da revolução), a luta armada, a luta de classes e a luta antifascista, no Brasil irei entender as 3 setas como Anti-Nazi, Anti-Careca do Brasil e Anti-Integralista. O fato é que as três setas no Brasil em certos indivíduos punks eram desconhecidas, mas muitos a usam. As 3 setas se tornou o símbolo máximo do anti-fascismo por que ela esta em todas as passeatas,e todas as tribo antifa a usam constantemente. Tanto comunistas como anarquistas ou anarco-comunistas, tanto como punk e skinheads antifascistas. Este símbolo pode ser considerado também como o símbolo da união antifascista, existe em Bogotá o coletivo PUNK RASH, formada por punks e skinheads comunistas e anarquistas, e eles usam muito este símbolo. Muitas vezes que este mesmo aparece entre a foice e o martelo e o A circulado.Muito importante a divulgação deste símbolo universal, que esta agindo como semelhante ao símbolo do anti-nazismo.

Sin Dios - Ruido Anticapitalista / Alerta Antifascista



Banda muito importante no cenário AnarchoPunk, fundada em 1988 e trazendo dois de seus mais importantes discos : ruido Anticapitalista e Alerta Antifascista


Ruido Anticapitalista
01.Requiem
02.Canción de la desesperación
03.Espana
04.La hoguera de la revolución
05.Legal o ilegal
06.La carnicería silenciosa
07.Muerte del rock'n'roll
08.La justicia está vendida
09.Casa okupada, casa encantada
10.Derriba tus muros de insolidaridad
11.Aguanta sin rechistar
12.Fragmento de Penderecki
Alerta Antifascista
01.Alerta Antifascista
02.La Huelga
03.Ambre negra, expolio blanco
04.Cancion de amor (celda de aislamiento)
05.Las Carceres
06.Poema
07.Immigrante Ilegal
08.Unas flores con sorpresa
09.La historia que no cuentan
10.Actua
11.Nuevas generaciones
12.No queremos paz sino la victoria


http://www.mediafire.com/?augl250cv0m
Senha: drunksongs.blogspot.com

.

Sectarismo, o que é isso?


Com certeza você já deve ter ouvido ou lido esta palavra em algum lugar do movimento, no movimento essa palavra corresponde mais ou menos "preconceito cultural e ideológico". Precisamente, pra ser mais direto, quando um punk anarquista ou anarcopunk, se nega a juntar forças com pro exemplo, REDPUNKS e Skinheads RASH antifascistas, para acabar com carecas, nazis e fachos, isto pode ser chamado de sectarismo. É uma questão preocupante, pois o sectarismo praticamente só existe no Brasil. Na Espanha, por exemplo, a Federação Anarco-Punk luta contra o Estado e o capitalismo em conjunto com a Federação Anarco-Skinhead e a RASH. É uma união honrosa, essa união fortaleceu muito a cena de lá, e a cada dia cresce mais e mais, e o terreno de lá não há mais pé de nazi ou facho, Em Bogotá, existe o coletivo chamado PUNK RASH, onde anarcopunks, redpunks, punks anarquistas lutam lado a lado com skinheads antifas e RASH. Posso te dizer que Bogotá é completamente antifacista. Uma outra união honrosa semelhante ao de Madri.Oras, mas como é isso no Brasil?Vamos começar pela raiz, todos nós sabemos que, quando o movimento punk e skinhead chegou ao Brasil, foi tudo deturpado, até as informações. Por causa disso, nasceu "bizarrices", tais como punks ganguistas e gangues punks em São Paulo, punks semi-autoritários e carecas do Brasil, tentando se passar por skinheads. Naquela época não havia informação suficiente, nem sobre anarquismo, nem sobre o movimento punk, pra se ter idéia, muitos que falam de anarquismo, não tinham acesso a livros importantes e textos como os de Bakunin e Proudhon. Se você pegar zines de época, saberá do que eu estou falando, muita fofoca, pouco conteúdo. E te digo, 90% dos punks caracterizavam o Oi! e o Skinhead associando-os ao nazismo e fascismo. Naquela época no Brasil, pode se dizer que quase ninguém sabia sobre a RASH ou o que era o Oi! verdadeiro. Claro, culpo os fachos carecas do brasil, eles são os responsáveis pela deturpação do "Oi!" e do "skinhead" no Brasil. Em suas letras de músicas, muitas bandas carecas do Brasil falavam sobre anti-comunismo, anti-anarquismo, uma homofobia e xenofobia clara. Desde quando isso é Oi!? NÃO PASSA DE R.A.C, música de nazi!E foi fazendo um R.A.C. disfarçado descaradamente, que os fachos Carecas do Brasil foram deturpando o Oi! e o Skinhead. Exatamente por isso, hoje em dia o Oi! e a RASH é motivo de discussão no movimento punk, muitas pessoas, inclusive eu, sou a favor da união entre punks e RASH, como na Colombia, para a destruição definitiva do carequismo, nazismo e fascismo.Estamos em um mundo, onde a cada dia que passa novos fachos estão nascendo, seja o NSBM (National Socialism Black Metal, essas pragas nazi tentam até invadir o Metal, que não tem nada a ver com nazismo), anarco-nazis e nacional-anarquistas (uma ideologia maluca, que usa o falso anarquismo pra disfarçar a xenofobia e o nazismo). No mundo de tantas loucuras e gente maluca, se isolar e lutar sozinho numa batalha tão perigosa, onde vários camaradas perderam suas vidas, lutar sozinho é suicídio.Imagine então, como eu havia dito, no Brasil, onde se tem punks ganguistas, punks que colam com careca, punks niilistas anti-anarquistas, com quem se aliar? Com skinheads de esquerda antifascista, ou com punks fascistas?Esta na hora de se unir e separar o joio do trigo, esta na hora de uma nova cena começar, esta na hora do movimento no Brasil deixar de ser shows aos domingos e pirralhada sem noção com gel no cabelo.Ser anarquista não é ser sectário, abra sua mente e lute com quem quer lutar pelo povo, pois o sangue do povo é rubro negro!
VAMOS NOS UNIR PARA ENTERRAR DE VEZ A MERDA NAZI E SEUS PELEGOS CARECAS!NÃO AO SECTARISMO!

Zine Boca Suja




Zine feito por Remo "Plebe",Anarcopunk de Salvador-Bahia.

Baixe todas as edições free!

www.rapidshare.com/files/65173399/zines.zip

Salvador-9 de Abril de 2008
Olá pessoal,pois bem,o zine Boca Suja esta passando por reformas,após quase 3 longos anos sem mecher nele ou fazer muitas entrevistas,por falar em entrevistas,estou dando mais valor a banda internacionais do que bandas nacionais,o motivo?A falta de respeito!Muitas bandas "underplaygrounds" daqui do Brasil se sentem como PopStars,ou seja,você manda as perguntas para a entrevistas,e elas demoram 2,3 meses,e até 2 anos pra responder,e tem bandas que nunca responderam,até hoje espero a resposta!Hora bolas,eu entrevistei bandas como Asta Kask e seus 30 anos de punk,fui bem recebido,mandei as perguntas e em menos de uma semana já estava respondida!E MOB 47 então?Os caras super gente fina,era o sonho da minha vida entrevista-los,e quem não queria entrevistar os mestres do hardcore anti-war?Pensei que seria dificil,mas não,fui bem recebido!Enquanto que no Brasil a bandas que sinceramente,não tem nem 2 meses de banda,eu com minha cara de otário tentando ajudar a divulga-lá,e simplismente eles se sentem como Michael Jackson ou Roberto Carlos!Por que eles não arrumam logo um acessor de imprensa?HhahahaEntão esta ai meu desanimo para com a cena underground nacional,acorda povo!Se vou continuar entrevistando bandas daqui?Um...Sim,mas só as bandas que eu sentir que é firmeza,que eu sentir que fazer um som por amor e porque gostam,e que eu sinta firmeza quando elas quiserem ser entrevistadas.Muita coisa mudou nesses 3 anos paradão viu velho,não foi fácil,muita treta,dedo na cara,discursões de todas as formas,cabeças quentes,ameaças de morte...Mas Plebe tá aqui firme e forte.Tem que ser muito "cabra-homi" pra meter o dedo na minha cara,pra tentar impor suas idéias ridiculas,seus pensamentos de maluco,pra tentar apagar minhas idéias,é muito fácil me rotular de qualquer coisa,um bando de parasitas autoritários e reacionários no meu movimento,que não fazem NADA a não ser criticar!Dificil é ter intelecto o suficiente pra se sentar comigo e conversar cara a cara.Eu já disse,quem não teme ao estado,não pode ter medo de nada,absolutamente nada!Comigo não é 8 nem 88,ou se dialoga comigo como pessoa civilizada,ou apanha como pessoa civilizada.Que critiquem,horas,se sobrar alguma critica que enfiem no canal anal,mas graças a Khisna,Alah,ou sei lah,nesse tempo fiz uma pá de amigos,amigos que tão firme comigo e que me apoiam no meu trabalho e idéias.Fiz tantos camaradas meu,que meus inimigos ficaram comedo.Incomodei muita gente,e isso foi muito bom,incomodando eu sinto que minhas ações estão dando certo!Então é isso ai,darei uma puta recauchutada no zine,e dessa vez eu vou pegar vcs de galera!Não estarei sozinho aqui e contarei com outros escritores.Uma pá de entrevista com boas bandas,textos,downloads,novos links,menino,é coisa de doido!Espera,espera só as novidades!Um grande abraço aos camaradas,que a luta continue!
Plebe